Qual é a frase que te define como anfitrião ou hóspede?

Laura
Community Manager
Community Manager
London, United Kingdom

Qual é a frase que te define como anfitrião ou hóspede?

Frase que te define como anfitrião - Airbnb Central da Comunidade.jpg

 

Olá pessoal 👋

 

Outra dia estava pensando sobre as frases que tem o poder de nos acompanhar em certas etapas de nossas vidas, e são capazes de descrever e resumir exatamente aquilo que estamos vivendo no momento.

 

Essas são as frases que refletem um pouco de nós e que definem nossas ações.

A minha frase atualmente? Vamos à resposta:

 

"Comece sempre com a perspectiva de que temos mais coisas em comum do que diferenças" 🌟

 

Quanto ao meu papel como hóspede, as frases que sempre repito para mim mesma são:

 

"Nunca economize gentileza, sorrisos e bom humor."

 

Essas frases são fundamentais para mim, pois os espaços e limites das outras pessoas são tão importantes quanto os meus, e eu sempre me lembro disso para ser uma pessoa mais consciente e com senso de comunidade. 

 

Então, e se você compartilhar algumas das suas frases, textos ou citações que sempre mexem com você e te fazem refletir? Vamos encher nossa comunidade de citações positivas e motivacionais 📈

 

Um abraço em cada um de vocês, 

Laura

-----

 

Por favor consulta las Normas de la comunidad // Por favor consulte as Normas da comunidade

40 Respostas 40
Laura
Community Manager
Community Manager
London, United Kingdom

EXATAMENTE @Fatima328 ! Se não tivermos boas práticas e ações como esperamos ter bons resultados certo?

-----

 

Por favor consulta las Normas de la comunidad // Por favor consulte as Normas da comunidade

Jorge2413
Level 6
Cairu, Brazil

Só que já foi hospede (hoje Anfitrião) sabe o que o hospede procura

Frase adaptada de um papo com um dono se Hostel.  "Só um mochileiro sabe o que o outro mochileiro quer em uma propriedade 

 "Um lugar para passar um tempo, preço que caiba no seu bolso,  lugar limpo , algumas indicações locais e um bom papo.

Laura
Community Manager
Community Manager
London, United Kingdom

Acho imprescindível o anfitrião ter uma experiência como hóspede @Jorge2413 .....você já se hospedou em outra acomodação ou até na sua?

-----

 

Por favor consulta las Normas de la comunidad // Por favor consulte as Normas da comunidade

Amelia411
Level 2
Tibau do Sul, Brazil

Somos reflexo daqueles que amamos e que dividem a vida com a gente! 

Gentileza gera gentileza!

Laura
Community Manager
Community Manager
London, United Kingdom

Concordo 100% @Amelia411 ! A gente sempre tem que se cercar de pessoas que nos inspiram e mostram que podemos sempre melhorar não é?

 

Você já aprendeu algo com os seus hóspedes?

-----

 

Por favor consulta las Normas de la comunidad // Por favor consulte as Normas da comunidade

Maristela47
Level 3
Rio de Janeiro, Brazil

Eu concordo sobre as frases terem tal poder  de acompanhar, descrever e resumir , e podem ainda evocar certas etapas e também lemas e até intenções das (e nas) vidas. Papos despretensiosos falam mais profundamente do que se nota de início... Sei lá, só acho.
Mas vamuquivamu:

 

- Como hóspede...

"Ninguém é tão pobre que não tenha o que dar e nem tão rico que não precise de nada, assim sendo, a cada encontro renovamos a chance de aprender e trocar uns com os outros".

Gosto de chegar com esse espírito, aberta a somar e disposta a descobrir e ser surpreendida.

- Como anfitriã...

"Se a diversidade é o convívio dos diferente, podemos discordar em cada argumento, mas torço para que continuemos trocando ideias e nos enriquecendo com aquilo que até então sequer tínhamos cogitado".

A ideia de receber em minha casa um até então desconhecido, pra mim (cancerianamente falando), equivale a um filho, que chega na vida sendo um ser único com suas bagagens de cicatrizes na alma, cansaços no mundo, expectativas, debilidades, potenciais... A gente acolhe do jeitinho que é, ama, zela, (às vezes reclama kkkk), mas tá tudo certo!

Convívio é aprendizado e respeito, não catequização.

Laura
Community Manager
Community Manager
London, United Kingdom

Ai @Maristela47 , to amando o seu engajamento aqui na CC 🥰

 

To lendo tudo oque você escreve e do nada me sai um sorriso no rosto.... que bom ver pessoas/ anfitriões tão apaixonados e humanos por aqui!!

 

Essa frase me descreve MUITOOO "Ninguém é tão pobre que não tenha o que dar e nem tão rico que não precise de nada"

 

A gente sempre tem que entrar no universo do outro com o coração aberto, isso é tão importante, no fundo todos nós, independente de tudo que for, somos mais parecidos e queremos as mesmas coisas não é? Ser felizes e nos cercarmos de experiências positivas certo?

-----

 

Por favor consulta las Normas de la comunidad // Por favor consulte as Normas da comunidade

Maristela47
Level 3
Rio de Janeiro, Brazil

Também tô adorando isso, menina! TMJ.
É por aí mesmo. Diante do maremoto em que me encontro, considero  que me cercar de experiências positivas é uma questão de escolha contínua de qual perspectiva eu adoto ao olhar para uma situação (a outra opção seria péssima: Só derrota, ladeira abaixo. kkk). 

Uma garrafa com líquido até o meio sempre será apenas 'uma garrafa com líquido até o meio' até que a perspectiva de alguém defina que ela está metade cheia ou metade vazia. Às vezes a gente precisa do desconfortável para nos mexermos, evoluirmos... enfim, olhando dessa forma, algo muito ruim pode significar na realidade uma coisa boa. Se nada acontece por acaso (e eu acredito nisso), cada pessoa que chega em minha vida me traz de si e leva de mim. Somos complementares por isso: como em um "efeito queijo suiço" o potencial de uma pessoa cobre as debilidades de outra e assim reciproca e coletivamente.

Nem todo oposto precisa ser antagônico; o complementar é delicioso e necessário. 

Sempre digo isso quando coordeno as rodas sagradas: a magia não muda o mundo ao redor da maga -  ela muda a maga com relação ao mundo que a cerca...  O ato de conviver pra mim é pura magia.

 

Não dou a mínima se alguém diz que ama Veuve Clicquot, só vai me parecer alguém "metido à besta"; chique  é gostar de gente, sabe...  Sou desses seres que veem as coisas mais ou menos assim, desse jeitinho...

 

Laura
Community Manager
Community Manager
London, United Kingdom

Fiquei toda arrepiada @Maristela47 , estou em fase de vida muito parecida com a sua (só pelo pouco que você compartilhou aqui!!)

 

Me explica isso e sobre as rodas sagradas (super interessada!!) é um encontro de mulheres do sagrado feminino?

 

Sempre digo isso quando coordeno as rodas sagradas: a magia não muda o mundo ao redor da maga -  ela muda a maga com relação ao mundo que a cerca...  O ato de conviver pra mim é pura magia."

 

 

-----

 

Por favor consulta las Normas de la comunidad // Por favor consulte as Normas da comunidade

Maristela47
Level 3
Rio de Janeiro, Brazil

Exatamente isso. Tendas Vermelhas! Conhece a origem?

Vou tentar resumir esses pontos (já aviso que sou péssima no quesito resume aí. Percebeu pelos textões, né? ),. Não necessariamente as etapas ocorrem juntas ou na ordem que eu apresentarei aqui.

Os grupos não se desfazem e há um antes e um depois de cada encontro... Temos encontros físicos e por internet. Por enquanto, na Itália e no Brasil. Pô... #FicaAdica: AirBnB temático! kkkk

 

As rodas são ritualísticas, mas a ideia principal é servir como uma terapia de resgate e de fortalecimento através do autoconhecimento, então também tem tarô, tem bate-papo, comidinhas... (No Veneto IT e na região do PARNASO RJ rola uma fogueirinha...)

 

Nesses encontros além de rituais, trabalhamos com o sistema límbico através de cheiros e sabores (comidinhas e incensos), revisitamos contos de fadas, mitos e arquétipos e também temos trocas de vivência.

 

 

1 A lua mexe nas marés e da mesma forma em nossos corpos. Temos fluidos, água, sangue... Em nós, o reflexo se dá em emoções, estados de humor, propensão ou desestímulo... Nós sofremos alterações o tempo todo, só não nos permitimos mais sentir da mesma forma, mas os efeitos estão aqui, ali, aí, everywhere. As rodas permitem que "reaprendamos" a perceber esses "ciclos sutis". Sabe aquele livro "Olho Mágico", em que temos que enfiar o nariz na página para enxergarmos a profundidade? É tipo isso: Os fluxos estão agindo em nós; só precisamos "focar" para perceber. Verão, outono, inverno, primavera; maré cheia, maré alta; nova, crescente, cheia e minguante; alvorecer, pico do céu e poente... A natureza é cíclica e nós somos natureza. A gente dá uma esquecida nessa lei natural, mas ela continua vigente.

 

2 Sistema límbico: Cheiros e sabores despertam sentimentos e recordações... De infância, de momentos especiais, de pessoas, de lugares, de fases da vida... Esse sistema é formado por um conjunto de estruturas neurais que se interconectam e processam emoções, condicionamentos comportamentais e memórias.  Quando estamos lidando com ciclos viciosos, padrões repetitivos, traumas, condicionamentos... É importante deixar as informações acessíveis; a gente muitas vezes, "guarda" no inconsciente "detalhes" com os quais não queremos lidar (mas que permanecem incomodando, igual etiqueta de roupa). Todas nós já ouvimos "Não é flor que se cheire"; "Não meta o nariz onde não é chamado"; "Tô sentindo no ar"; "farejo problemas"; "tá cheirando mal"; "Não fede nem cheira"... A gente não dá importância para os segredos ancestrais que foram ocultados em "adágios". Repare: Bruxas sempre têm os narizes enormes; princesinhas têm narizinhos pequenos. Nariz é instinto. Mulheres com instinto não são domáveis. Princesas com narizes pequeninos são obedientes e sem instinto. Sempre penteadas e contidas. Antes perfumes eram fórmulas únicas e intencionadas; agora, todos temos "o mesmo cheiro". Precisamos "desanestesiar" nosso instinto pra "soltar" algumas partes em nós. Frutas cítricas ajudam a falar o que se pensa; especiarias favorecem lidar com a raiva... E por aí vai...

 

3 Outro ponto trabalhado é sobre as "desconstruções educativas" que há milênios nos incutem através de contos de fadas, mitos e arquétipos.

Pensa: O sapatinho de cristal da Cinderela foi inventado por um homem, para nos impedir de andar por onde quiséssemos, para controlar nossos passos, nos tornar imóveis e frágeis em nossas decisões. Sem segurança no passo a ser dado. Mulher nenhuma escolheria o risco de se cortar e sangrar até a morte só para ser especial na vida de um homem se isso não tivesse sido incutido em nós. 

Nós mulheres vivemos e fazemos tudo até acharmos um homem - A partir daí: “E foram felizes para sempre”. Quem disse? 

Naturalizamos que depois de acharmos um homem sejamos dele "Em briga de marido e mulher..." Claro, a vida da mulher casada só interessa ao marido.

A ideia de que a mulher só se realiza tendo um marido para lhe dar filhos e uma casa para cuidar, afinal toda mulher, pra ser mulher meeeesmo, TEM QUE casar, parir, servir, se sobrecarregar... Quem é o beneficiado principal nessa engrenagem?

Antes da agricultura nós éramos seres mágicos que dávamos vida, assim como a terra. Com a chegada da agricultura o nômade adquiriu propriedade - Vai deixar pra quem? Herdeiros! Que precisam ser legítimos, certo? Daí pro cinto de castidade e pra Rapuzel na torre foi um pulo. Revisitar essas lições milenares contribui pra eliminação da "culpa por nada" que muitas carregamos.

 

4 Aí começamos os rituais de meditação e movimentos através do tarô. Cada lâmina equivale a um livro: Tem origem, motivação, comida, aroma, lugar... Que foram ocultados ao longo do tempo para escaparem da perseguição perpetrada pela "onipresente, onipotente e onisciente sacra igreja católica", mas estão ali.

Na Itália se encontravam juntos e misturados a Igreja, as Cruzadas, as rotas como a do trigo e da seda, peregrinos vindos da África, do Vale do Indu, do Oriente médio, da Europa oriental, de todo o Mediterrâneo... E nesse contexto surgiu o tarô tal qual o conhecemos, com vários saberes que "ameaçavam" o monopólio religioso "do pecado e da culpa". O gaslight rolou tão forte naquela época que até hoje em italiano, taroccare, tarocco têm uma conotação pejorativa e ainda descreditamos oponentes com fake news; a fórmula é mais velha que 'andar pra frente'.

O problema é que nessa deformação construída, nós mulheres deixamos de ser indivíduos para nos tornarmos "propriedade do homem" e quanto mais percebermos a origem desse entendimento, mais conseguimos segurança em nossas decisões dentro do sistema patriarcal em que todos nós estamos inserido.

 

E não é só para mulheres. Temos encontros para homens e para casais também, cada um com sua abordagem. A preparação do ritual da câmara oculta é bárbaro, por exemplo: os casais vão à roda para prepararem e entenderem os materiais que levarão pra casa e para receberem as instruções, praticarem visualizações e respiração (pra entrarem no clima aos poucos) e vão pra casa... Menina, dia seguinte é só sorrisão na reunião por vídeo chamada!  kkkk

 

A compreensão do patriarcalismo não é uma causa das  mulheres, como o racismo não é uma causa dos pretos e combate à desigualdade não é uma causa dos pobres. Eu sou cis e hetero - Eu quero um carinha que se liberte "do peso de TER QUE agir como homem"... Mas duas mulheres também reproduzem o patriarcalismo entre elas; é um sistema, transcende o aspecto gênero. 

 

É mais ou menos por aí! 😂

Laura
Community Manager
Community Manager
London, United Kingdom

Que ritual mágico @Maristela47 🥹

 

O meu 'problema' é que eu sou totalmente dessa vertente, quero participar de tudo, me virar do lado avesso para sair do meu próprio buraco, quero experimentar tudo que me faça sair da zona de conforto!!

 

Como funciona esses eventos online no caso? Eu quero 😍

-----

 

Por favor consulta las Normas de la comunidad // Por favor consulte as Normas da comunidade

Explore os artigos da Central de Recursos

Como preparar sua acomodação para os hóspedes
Dicas de anfitriões no Airbnb Plus: como dar um toque único à sua acomodação
Ajude os hóspedes durante as estadias