Ar-condicionado - controle de gastos excessivos / controle de consumo

Level 1
757 Visualizações

Olá,

 

Estou iniciando meu relacionamento com o AIRBNB.

Meu apartamento no Rio de Janeiro tem 4 aparelhos de ar-condicionado.

Como controlar e cobrar o uso exorbitante do inquilino ? posso fazer uma cláusula de leitura do relógio da Light na saída do hóspede ?

Como cobrar após a saída dele/deles/dela ?

 

Grato

 

9 respostas

Re: Ar-condicionado - controle de gastos excessivos / controle de consumo

em
São Paulo, Brazil
Level 10

@AnaCristina45, boa tarde!

 

Se deseja cobrar EXTRA o consumo do ar condicionado, deve incluir nas REGRAS do seu anúncio. O hóspede antes de reservar estará ciente e de acordo antes de que será cobrado depois.

 

Beatriz

Re: Ar-condicionado - controle de gastos excessivos / controle de consumo

Level 1

Olá,

 

Como posso viabilizar uma forma de cobrança de excedente de consumo por uso excessivo dos aparelhos de ar condicionado ( são 4 aparelhos no apto.)

Existe alguma praxe no AIRBNB ?

 

Obrigada

Re: Ar-condicionado - controle de gastos excessivos / controle de consumo

em
Rio de Janeiro, Brazil
Level 2

Prezados,  estou em uma situação parecida com a de Ana Cristina. Recebi minhas duas primeiras reservas esta semana e ainda não incluí nenhuma regra relacionada ao uso intenso de aparelho de ar condicionado. Tenho pesquisado em alguns anúncios mas não encontrei ainda ninguém que tenha estabelecido regras para isto. Alguém teria alguma sugestão?  Já agradeço de antemão porque estou realmente sem parâmetros para tratar deste assunto!

Re: Ar-condicionado - controle de gastos excessivos / controle de consumo

em
São Paulo, Brazil
Level 10

@Estela51 e @AnaCristina45, entendo a preocupação, vou passar a minha experiência de 3 anos aqui, somente cobro extra eletricidade ( consta em minhas regras) locação acima de 28 dias, já que concedo um bom desconto  mensal. Acho valido deixar um lembrete ou nas regras mesmo, para todos ,que os aparelhos elétricos devem ser desligados qdo estiverem fora do Imóvel. 

Cobrar consumo de eletricidade para locação de poucos dias , acho   desgastante para o anfitrião e hóspede ! Como vcs chegaram ao valor da diária ?O valor da sua diária é o custo ( água, luz, condomínio, iptu, internet, ...) mais o lucro pretendido , então o mais importante é o calculo certo do custo do seu imóvel, acertar no custo  de um hóspede extra... 

Espero ter ajudado !

Beatriz

Re: Ar-condicionado - controle de gastos excessivos / controle de consumo

em
Rio de Janeiro, Brazil
Level 2

Obrigada, Beatriz, achei muito sensata sua solução!

Re: Ar-condicionado - controle de gastos excessivos / controle de consumo

em
Taubaté, Brazil
Level 3

Voltando ao tema agora no período mais quente do ano.

 

Penso que devemos saber a média de gasto considerada pelo uso normal e sustentável, sem desperdícios.

Para mim, penso que é normal:

ares condicionados (todos) ligados no horário noturno (período de cerca de 10 horas contínuas) a fim de refrescar o ambiente na hora de dormir.

Para chegar a esta média fiz o seguinte:

1) anotei  o número em kWh mostrado no medidor às 2200 h,

2) liguei os ares condicionados,

3) desliguei os aparelhos às 0800 h da manhã no dia seguinte.

4) anotei novamente o número mostrado em kWh no medidor.

5) diminuí o número da manhã do número da noite. No meu caso 12 kWh, ou seja, o gasto médio a mais relativo aos ares condicionados foi de 12 kWh. Vamos usar este valor abaixo.

6) acrescentei o excedente deste teste, no meu caso 12 kWh ao gasto nos meses mais frios (sem uso de ar condicionado). Vou dar o meu exemplo:

- conta de energia em meses frios 200 kWh cerca de R$ 200,00 sendo que foram 20 dias com hóspedes, ou seja, cada dia com hóspedes nos meses frios foram consumidos 10 kWh.

- valor obtido no meu teste de 10 horas ligado 12 kWh, item 5)

- então no meu caso devo considerar normal 22 kWh (por dia com hóspedes) nos meses mais quentes.

 

Assim, tendo em mãos o valor normal de 22 kWh por dia com hóspedes (no meu caso), tenho duas opções:

 

1) opção mais sustentável, justa e racional porém mais trabalhosa/antipática:

- anotar junto com o hóspede o consumo no início e no término da estadia e ao final dividir e descobrir o consumo médio do hóspede. Se não passou dos 22 kWh por dia ok. Caso ultrapasse deverá ser cobrado pelo excesso, no meu caso 1 real por kWh ultrapassado.

2) opção mais branda, pouco sustentável e injusta com os usuários racionais/econômicos mas considerando o mau uso daquele hóspede que deixa o ar condicionado ligado a maior parte do dia (20 horas por dia):

- acrescentar, no meu caso 15 ou 20 kWh, a título de suposto mau uso de ar condicionado. Ou seja 15 ou 20 reais embutidos na diária. Neste caso, o hóspede certo/ econômico paga pelo duvidoso/gastão.

 

Na minha opinião como hóspede e como anfitrião, sugiro a opção mais justa e sustentável do item 1).

Sei que gera certo desgaste, como disse acima a @Beatriz98  mas a meu ver é mais correta e adequada à filosofia Airbnb.

 

Obrigado pela oportunidade de retomar o tema, pensem bem e mãos à obra! Se ficou complicado, podem perguntar.

Viva o Airbnb!

Leonardo. 

 

Re: Ar-condicionado - controle de gastos excessivos / controle de consumo

em
Florianópolis, Brazil
Level 8

@AnaCristina45  oi Ana, tudo bom? 

Depois da resposta completissima do @Leonardo-Jorge0 fiquei ate sem jeito de responder, mas vou tentar hahahah.

Voce tem a opcao de cobrar a mais por uso de ar condicionado (fica la nas taxas extras). Mas e meio inconveniente, na minha opiniao claro.

Existem algumas opcoes de controle PARA VOCE, que seriam elas dispositivos que voce instala no ar condicionado que faz com que ele fique ligado no maximo TANTO tempo, tendo que ser religado apos isso (voce pode por para ficar ligado 2 horas). para evitar que o hospede deixe o ar ligado o dia inteiro e saia de casa ou a noite inteira sem estar la, etc.

E existem os ar condicionados que ja fazem isso automaticamente e sao mais economicos, porem mais caros. (mas vale a pena)

Eu acho que toda essa parte de restringir o uso de eletros, ter que ficar alertando o hospede, etc, gera um desgaste chato e desnecessario para ambos, como anfitrioes temos que partir do principio que o hospede esta usando a casa com boa fe (mesmo nem sempre sendo assim). 

Mesmo optando por qualquer das opcoes que seja, deixe bem claro no anuncio essa situacao, NAO DEIXAR AR CONDICIONADO LIGADO SEM PESSOAS EM CASA, crie um panfletinho com regras e inclua essa, sempre bom lembrar para nao ter erro.

Espero ter ajudado, boa noite e boa sorte com isso haha. 🙂

 

Re: Ar-condicionado - controle de gastos excessivos / controle de consumo

em
São Paulo, Brazil
Level 10

@Pedro-Vinicius1 , @Leonardo-Jorge0 

Bom dia !

Mesmo constando em minhas regras , que conta de eletricidade é cobrada para locações acima de 28 dias , já tive um hóspede que se recusou a pagar e quando coloquei o Airbnb na disputa, a resposta que obtive é que o hóspede poderia mesmo se recusar pq este custo tem que estar embutido na diária, fiquei SURPRESA , me pareceu que o hóspede já sabia dessa condição que não era obrigado a pagar mesmo constando em regras porque abusou mesmo do uso do ar condicionado, pois a média de conta de energia no verão é de 130, a 150 reais e chegou uma conta de 500 reais! Conclusão, temos que contar com o bom senso da maioria de não fazer mal uso dos equipamentos, deixar lembretes para manterem aparelhos desligados, utilizar se possível , aparelhos programáveis para desligar o ar cond de tempo em tempo e precisamos ter a sorte de contar com os hóspedes que tenham consciência cooperativa e ecológica . 

Contem com essa possibilidade e revejam seus valores de diária no verão!! 

Boas reservas ! 

Beatriz

Re: Ar-condicionado - controle de gastos excessivos / controle de consumo

Level 1

E o que fazer se um dos hóspedes passa o dia com o ar condicionado ligado? É a minha primeira hospedagem  e to em pânico com o ar ligado a quase 24 horas. 

Participar da conversa